terça-feira, 6 de abril de 2010

Cuidado com a dengue!

Gente hoje o assunto é sério, eu peguei Dengue estou no nono dia e ainda em recuperação. Não viajei pra lugar nenhum portanto peguei em Americana, então cuidado, fiquem atentos com os mosquitos e gente é uma doença séria que requer cuidados...
Fica o alerta para cuidados e principalmente com as crianças...
Eu achei esse site com a descrição dos sintomas que foi o que deu mais certo:
Dengue
O dengue é uma doença causada por 4 tipos de vírus diferentes.
É transmitido por mosquitos, sendo o mais conhecido e comum em nosso meio o Aedes aegypti. O Aedes aegypti é um mosquito de hábitos alimentares diurnos, altamente urbanizado e procria-se em qualquer local ou recipiente com água.
A contaminação por dengue se dá exclusivamente pela picada do mosquito Aedes aegypti . Não há transmissão entre seres humanos. O mosquito pica uma pessoa doente, contamina-se e espalha a doença num curto espaço, pois seu raio de ação é pequeno. Mesmo assim, as epidemias urbanas são muito grandes.
Após um período de incubação de 1 a 7 dias, a doença manifesta-se assim: febre alta (@ 40 °C), dor de cabeça, dores nas costas e uma erupção vermelha transitória na pele (que dura 1 a 2 dias). Aparecem também dores articulares e musculares. Podem estar presentes: náuseas, vômitos, anorexia, aumento dos gânglios. Este quadro todo dura cerca de 6 dias. Após 2 dias da febre ter abaixado e as dores desaparecerem, uma nova erupção vermelha na pele e febre aparecem e duram cerca de 1 a 5 dias (por isso a dengue é uma doença 'bifásica').
O diagnóstico é clínico, baseado nas evidências epidemiológicas e nos sintomas do paciente. A confirmação se dá através de exames laboratoriais específicos, como a sorologia para dengue.
Não há tratamento específico: só se controla a febre, vômitos e outros sintomas. O dengue não é uma doença perigosa.
Não existem vacinas contra o dengue. Existem vacinas em teste, mas nenhuma em uso aprovado para seres humanos.
O mais importante é a prevenção do dengue (mesmo individualmente, em nossas casas): evitar qualquer depósito de água parada, tampar caixas d'água, usar telas e mosquiteiras, além de toda a gama de inseticidas para o ambiente e repelentes para a pele.
O risco do dengue é quando uma pessoa que está doente (foi infectada por um dos vírus do dengue e apresenta os sintomas) é novamente picada e infectada pelo mosquito transmissor. Deste modo pode desenvolver-se o dengue hemorrágico. É um quadro mais grave, com todos os sintomas do dengue comum mais hemorragia em vários órgãos. Necessita internação e cuidados intensivos.
A gradecimento e Fonte: www.clinicalen.com.br

Nenhum comentário: