segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Na minha vida sempre!


O amor sempre me cercou, de mãe, pai, irmãos, primos, avós, madrinha...porém, sempre na medida da minha necessidade às vezes muito, as vezes bem pouco, mas sempre na medida para que eu crescesse forte mas sem deixar de lado a doçura que me é inerente.
O amor me veio como uma brisa calmo, tranquilo mas na cor do fogo! Com as tempestades descobrimos que as almas gêmeas existem e que mesmo quando se encontram ainda muito cedo seguem juntas caminhando pela aventura da vida.
Pela ética de viver apenas uma vez que guio os meus passos acreditando sim que de tudo prestarei contas no dia que finalmente me encontrar com Ele! Tenho certeza que os maiores pecados virão das palavras já que sempre foi impossível separar o pensar do falar!
Os amigos sempre foram festivos e alegres, acho que esse mérito é meu de sempre fazer barulho por onde passo, dessa relação carrego gente da vida toda de criança, adolescente, jovem, adulta...confesso tenho dificuldade em estar presente a vida me inunda as vezes, mas o carinho é tão grande que quando os vejo o tempo sempre parece curto e as histórias sempre maravilhosas.
A família essa sim dedicação total de uma canceriana, laços fortes buscando marcar com minha presença as novas gerações com a ética da nossa gente e história de causos que sempre me interessaram da minha terra tão amada, das Minas Gerais do meu Vô Dito, dos colonos Italianos que parecem tão distantes mas que estão somente há uma geração.
Uma personalidade de mulher executiva que viaja mesmo sendo mãe de primeira viagem porque tenho um circulo de confiança.
Uma pessoa vaidosa que sonha com quilos à menos mas que se entrega ao prazer de uma boa mesa com uma boa prosa.
Gente simples, com uma vida que para muitos intelectuais seria ordinária, mas que para mim do alto dos meus 35 anos parece especial e bem vivida.
Já plantei uma árvore, já escrevi um livro (na verdade co-escrevi) mas tenho certeza que meu maior legado é meu filho amado e a vida que vivi!
Escrito em uma noite de inspiração...
Giuliane Strapasson Trevizam
23 de fevereiro de 2014

Um comentário:

Raquel Pellizari Navarro disse...

Giu...e que inspiração!!! eu amo blogs e o seu já esta na minha lista de favoritos!!! De vez em quando trocando experiências do mundo das mamaes "coru" que somos,o tempo fez com que enxergasse o quanto é especial.... adorei o post!!!